quarta-feira, 3 de julho de 2013

Desabafo de um taxista

Assistindo a reportagem sobre carro elétrico, o apresentador  expôs sobre as  suas vantagens sendo uma delas é que o carro não faz barulho e que se o passageiro de um táxi elétrico  viajar com um taxista que não puxa conversa, a viagem  será  bem silenciosa.
Achei interessante a referência sobre o taxista e pensei que na maioria das vezes eu é que puxo converso com os taxistas, talvez seja uma postura dos taxistas daqui de Sergipe não abordar assunto com os clientes.
Lembro-me de uma das poucas vezes que um taxista abordou assunto. Mal entrei no táxi, ele começou a falar, acredito que precisava desabafar e aproveitou o momento.
- Senhora, a senhora já ouviu falar que uma mulher depois de 25 anos de casamento, com mais de 50 anos de idade, tivesse a capacidade de trair o marido?
Respondi que nunca ouvir falar de nenhum caso.
Ele continuou:
- Pois é senhora, também achava que não. A senhora acredita que minha mulher me traiu com o meu vizinho, também casado.
Fiquei sem palavra.
- Sabe senhora, foi um grande choque,fiquei doente,nunca pensei numa coisa dessa.A gente pensa  que isso acontece quando a mulher é jovem,mas depois dos cinquenta e já avó,nunca esperei.
Fiquei curiosa e perguntei: - E aí?
- Aí que a gente se separou, ela está com ele e duas famílias estão destruídas. Pior senhora é lidar com a solidão,chego em casa e não tem ninguém me esperando, faço comida e nem tenho vontade de comer, assisto TV sozinho,durmo sozinho,minha única alegria é o papagaio que é meu fiel  companheiro.
- Isso vai passar. Depois o senhor encontra alguém.
- É difícil, já tenho 60 anos e não gosto muito de sair, tá difícil.
Chegamos ao itinerário e quando sair do carro falei o que tinha pra falar:
- Não desanime, tudo passa,  o senhor ainda vai ser feliz!
Espero que tenha ajudado e como diz a musica: Quem espera que a vida
Seja feita de ilusão
/Pode até ficar maluco/Ou morrer na solidão/É preciso ter cuidado
Pra mais tarde não sofrer/É preciso saber viver...(Titãs)

 “Os veículos elétricos fazem parte do grupo dos veículos denominados Zero-Emissões, que por terem um meio de locomoção não poluente não emitem quaisquer gases nocivos para o ambiente, nem emitem ruído considerável pois são bastante silenciosos.”



Nenhum comentário:

Postar um comentário