terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Um pouco de mim





   A jornalista da Tv Aperipê perguntou: Quem é Telma Costa? Eu olhei pra ela e tive vontade de responder: se você for pesquisar no Google, vai encontrar “Telma Costa morreu.” É interessante realmente Telma Costa que eu amava morreu um pouco.       Mataram Telma Costa  controlando meu jeito de ser; Telma você não pode sorri tanto!Telma você não pode falar com todo mundo! Telma você dança demais nas festas (festas na maioria infantis); Telma você não pode tirar fotos com todo mundo, se expõe demais, você é casada.
  No 4º período da faculdade São Luis, minha amiga Gel disse; Telma você está quieta, falando menos, perguntando menos. Você está outra Telma, como se tivesse murchando. Tive vontade de chorar e sorri pra ela com sorriso sem graça,sem cor. Realmente minhas pétalas estavam sendo arrancadas, talvez para o “bem me quer” ,talvez para o “mal me quer”. Isso já faz sete anos  e minhas pétalas continuam no jogo do bem me quer e mal me quer.
  Certa vez disse a minha sobrinha Suy “ Telma Costa era uma flor rara,feliz de quem a conheceu.” Ela respondeu: Você se acha em?
Respondi: Acho-me mesmo Suy. São raras as pessoas altruístas, solidárias e amigas de verdade,que sorri ao ver mangas nas mangueiras,que tenta pegar bolas de sabão do carro do lixo, que faz poesia com os urubus...
  Suy concordou, talvez pensando que eu tivesse algum retardo mental(as vezes também penso).
  É muito difícil sobreviver em um canteiro onde a maioria é diferente, ou você morre ou você deixa ser despetalada para não incomodar. Por isso sou fã da celebre frase “ O homem nasce bom  por natureza mas a sociedade o corrompe(Rousseau).”
 Mas não respondi nada disso para a jornalista e nem lembro o que respondi (estava nervosa), só quando a reportagem for exibida é que irei conhecer um pouco de mim,um pouco de Telma Costa(Contadora de histórias e escritora infantil).
Ps Telma Costa do Google: Cantora. Instrumentista. Compositora. Atriz.  Regente de corais. Aos 15 anos de idade, foi convidada por Chico Buarque para dividir com o compositor a interpretação da música "Sem fantasia", em show realizado no Clube de Juiz de Fora. Faleceu prematuramente em 1989.  






Nenhum comentário:

Postar um comentário