sábado, 29 de dezembro de 2012

Retrospectiva 2012


Retrospectiva 2012

“Força e coragem para enfrentar as adversidades e correr atrás dos sonhos”,assim pontuei meu texto da retrospectiva 2011 e acredito que cada momento da nossa vida precisamos sempre de força e coragem, acrescentando a fé e esperança que movem o nosso animo ou alma.
Registro este fim de ano (que não foi o fim do mundo) através de fotos que representam os bons momentos que marcaram de maneira positiva um pouco da minha história e os negativos como nos diz Chico Xavier:

CONFIE SEMPRE!  Não percas a tua fé entre as sombras do mundo. Ainda Que Os Teus pés estejam sangrando, segue para a frente, erguendo-a por luz celeste, acima De ti mesmo. Crê e trabalha”.

Agradeço a todos que enriqueceram esses momentos significativos na minha vida(em especial ao Grupo Prosarte e Hannnah) e desejo de coração a todos amigos e blogueiros  um Feliz 2013 de paz, fé, coragem e esperança!







quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Lagoa Redonda


Lagoa Redonda
No dia 20 de dezembro, véspera do esperado “Final do Mundo”, nós do Grupo Hannah de Contadores de histórias cumprimos o nosso último contrato do ano no Povoado de Lagoa Redonda-, Pirambu –Sergipe.
Foi uma viagem bem interessante, além de não conhecermos o local, enfrentamos 14 km de estrada de barro. Como o percurso era longo,a paisagem tipo deserta,ficamos a brincar sobre o fatídico dia 21, que ficaríamos na estrada para o dia do “Juízo Final”
Finalmente encontramos um vilarejo e pedimos informações. Ufa!Estávamos no caminho certo, só mais uns 20 minutos de poeira e buracos e chegaríamos à escola que nos contratou.
Assim que chegamos, fomos bem recebidos pela equipe docente e olhares curiosos dos alunos e convidados, pois era a Confraternização de Encerramento do Ano Escolar.
Após as apresentações de boas vindas e mensagens natalinas, começamos a nossa apresentação que contou com o entusiasmo e excelente participação dos alunos, professores e pais.
Pena que não deu tempo de conhecer a chamada turística Lagoa Azul ou Encantada, mas foi  muito gratificante, pois a população local é carente de eventos e projetos  culturais.
 Faço questão de partilhar esse momento, pois como nos diz o escritor-pedagogo Rubens Alves “Senti que o tempo é apenas um fio.Nesse fio vão se enredando todas as experiências de beleza e amor pelas quais passamos”.









terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Coração de Plástico

CORAÇÃO DE PLÁSTICO
Texto : Telma Costa
Ilustrações: Rodrigo Santana
1a Edição:2002
Patrocínio:Unimed-Se















quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Fotos e agradecimento


Agradeço de coração ao assessor de comunicação Ginaldo de Jesus por mais essa oportunidade  e aos Correios por acreditar no talento dos artistas sergipanos nos fornecendo esse cantinho que promove a interação entre diversos segmentos da arte. Como nos diz Fernando Sabino “ O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis”.
Registro para os amigos,blogueiros e leitores esse momento especial:Foto 1 Ginaldo de Jesus Foto 2 Maria José Coordenadora da Biblioteca Clodomir Silva Foto 3 Exposição dos alunos do Colégio Cri’Arte
Foto 4 Homenageados da tarde Foto 5 Recebendo certificado do Diretor Regional dos Correios  Foto 6 Profº Belarmino um dos patrocinadores do livro e diretor do Cria’Arte.








domingo, 9 de dezembro de 2012

Manias de uma princesa no Cantinho Cultural dos correios



O Cantinho Cultural dos Correios apresenta:
Música natalina, exposição de xilogravuras e “Manias de uma Princesa”.


A Assessoria de Comunicação Social (ASCOM) da DR/SE realiza nesta terça-feira (11) a última edição do Cantinho Cultural dos Correios em 2012. O evento, como de costume, acontecerá no espaço cultural da Agência Central dos Correios, a partir das 15h30, com a seguinte programação:

·        Abertura da exposição de xilogravura, de alunos do Centro de Formação Profissional e Tecnológica Antônio Belarmino da Paixão (CENTEB).
·        Sessão de Autógrafos do Livro “Manias de uma Princesa” da escritora e contadora de histórias Telma Costa.
·        Apresentação de músicas natalinas.

O curso de xilogravura foi patrocinado pela Associação Sergipana de Imprensa e ministrado pelo artista plástico e professor de artes Elias Santos.
Prestigie, o Cantinho Cultural dos Correios é nosso.

NOTA: ASCOM/DR/SE

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Sábado Especial

Sábado Especial-Dia 27 de outubro de 2012
Teatro Atheneu

Show Miscelânea com Zezinho Colares e lançamento do meu 10º livro:
Manias de uma princesa
O lançamento será no hall do Teatro Atheneu e toda a renda será revertida para o GACC
Grupo de Apoio para Criança com Câncer

O show  custará apenas R$ 10,00 que contará com participação Especial de:
Antenor Aguiar(Grupo Prosarte)
Alison Vincenza
Fátima Beatriz (Grupo Hannah)
Hannah Batista
Nailde Santana
Renata Mariah
Sandra Reis
Com certeza teremos uma bela mistura de artes!



quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Exímio dançarino




Aos 83 anos, acamado pós derrame, meu pai tem muitas histórias para contar:
Essa semana, setembro de 2012, ao receber a visita de uma sobrinha e da sua filha, uns dos assuntos foi sobre os bailes de antigamente, onde ele comentou que tinha muita vontade de dançar, só que sua timidez não deixava.
Relatou que em certa ocasião, morando em São Paulo, foi ao baile com um primo que era um exímio dançarino.
O primo  apresentou uma garota para que ele a convidasse para dançar.Ele a convidou.Só que meu pai não sabia dançar e ficou tão atrapalhado e envergonhado que nunca mais na vida teve coragem de tirar outra garota para valsar.
Então comentei:
Oxente, meu pai, por que o senhor não aproveitou que seu primo era um excelente dançarino e aprendeu a dançar com ele?
Ele prontamente respondeu:
-Mas minha filha, eu não queria dançar com homem, eu queria dançar era com as mulheres!
Meu pai é demais, pena que não teve estímulos necessários para também se tornar um “exímio dançarino.”

Telma Costa

sábado, 8 de setembro de 2012

Menino Chorão , menino Turrão



Menino Chorão , menino Turrão

D. Pequena não sabia mais o que fazer. Seu filho Aparício chorava o dia todo e quando tinha raiva ficava todo roxo e caia no chão como morto.
 Coitada de D. Pequena , já estava ficando desesperada. Levou o menino numa rezadeira, mais nada adiantou. Ensinaram-lhe chás e mais chás , mais nada resolvia e o menino só piorava.
 Até que ela resolveu procurar um médico.
_ Doutor, não sei mais o que fazer, o meu menino chora sem parar e fica todo roxinho, tadinho.
_É seu primeiro filho ?
_ É sim senhor.
_ Deixa eu examinar o moleque.
 O doutor mandou botar o menino em cima da cama e examinou tudo , barriga, ouvido , garganta, pé... Quando terminou ,  sentou-se e ficou pensativo.
_Diga logo senhor doutor, o que meu filho tem é grave?
_ Não senhora, já tenho um remédio que é tiro e queda. Toda vez que ele cair roxo no chão a senhora dar coro nele.
_ O que é dar “coro” doutor?
_A senhora não sabe? É  só pegar um cinturão e dar um corinho,se ele não melhorar na primeira , tenho certeza que melhora na segunda.
 A mãe de Aparício saiu desconfiada do consultório; “ que doutor mais doido , mandar bater em um menino tão pequeno”. Chegando a casa contou a seu marido.
_ Bem que eu lhe disse mulher: menino turrão tem que caí no coro do cinturão.
 Aparício ficou quieto ouvindo tudinho, mas como nunca apanhou, não entendia direito que conversa era aquela de coro, cinturão , e ficou na dele. Bastou a mãe começar a fazer o serviço que ele começou a chorar . Chorou tanto que caiu no chão roxinho como berinjela.
_ Meu Deus, será que o doutor sabe tudo mesmo. Se ele estudou tanto... Que Deus me perdoe...
D. Pequena foi lá dentro pegou o cinturão , deu duas lapadas em Aparício e disse? “ menino chorão e turrão , caí no coro do cinturão.”
 Ele ficou paradinho , quietinho, com as pernas vermelhinhas... Sua mãe ficou com dó no coração, mas deixou-o sozinho e foi terminar o serviço.
 Desse dia em diante, Aparício só chorava quando tinha dor de verdade. Às vezes ele tinha até vontade de fazer uma birra, mas bastava lembrar do coro , do cinturão , do doutor , e de sua mãe dizendo : menino chorão , menino turrão ...
 Que ele ficava até rindo de montão.
                                                                     Telma Costa
Essa história aconteceu em 1965 com uma amiga de minha mãe, achei  tão legal que resolvi escrevê-la.





quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Via Crúcis hospitalar



Via Crúcis (do latim Via Crucis, "caminho da cruz") é o trajeto seguido por Jesus carregando a cruz
No sentido conotativo:
caminho difícil, vida atribulada etc
Via Crúcis hospitalar: Ontem percorri um longo caminho aos hospitais de Aracaju.Estando com mais de dois dias com dor forte no peito,sair  do hospital de Estância,onde meu pai está internado,e vim exercer dos meus direitos com o convenio particular.Depois de enfrentar o transito caótico de mais de duas horas de viagem,fui para o Hospital do Coração,exatamente às 19:30.Logo de chegada a recepcionista informou que não tinha vaga,que se eu quisesse esperar por mais 3 horas,talvez tivesse.Isso já tinham duas pessoas esperando e com cara de mais grave do que meu caso.Fui para  o hospital São Lucas,estava super lotado,disseram-me que ia demorar um pouco,esperei mais de uma hora.Como a dor estava piorando,fui para o Hospital Renascença,que também estava lotado,como meu caso podia se cardíaco,orientaram-me a voltar para o São Lucas.Voltei ao São Lucas e fui atendida às 22:30.Quando reclamei a enfermeira disse-me:é assim mesmo,graças a Deus você ainda foi atendida,agora é só se acalmar.Respirei fundo e fiquei quieta.Das 19:30 às 22:30H uma verdadeira via crúcis hospitalar.Só não fui ao Primavera,porque tinham pacientes que estavam no São Lucas que  já estavam vindo de lá por conta da super lotação. Durante todo tempo fortaleci minha mente com o pensamento de meu pai “A gente só morre na hora determinada, na hora que Deus quer”. ????????????????

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Contação de histórias no GACC


Contação de história no GACC para comemorar o evento “histórias para mudar o mundo”
Historias para cambiar el mundo - - 21 junio 2012 - Stories to Change the World - - June 21, 2012
http://historiasparacambiarelmundo.blogspot.com.br/
O Grupo Hannah de Contadores de Historias participou nesse 21 de junho de 2012 contando historias no GACC - Grupo de Apoio a Criança com Câncer. Esteve presente os contadores: Estevão colares, Telma Costa(eu) e Fátima Beatriz com participaçãoespecial de Minho San Liver. Foi um momento de descontração, alegria e muitas historias para mudar o mundo!





quinta-feira, 7 de junho de 2012

Importância da leitura


Importância da leitura
Quando recebi a noticia através da professora, escritora e contadora de histórias Fátima Beatriz, sobre a indicação do meu nome para uma sala de leitura, fiquei a pensar no significado desse momento para minha vida e o que isso poderia representar para as crianças no seu contexto escolar e social.
Comecei minha reflexão com uma pergunta essencial para uma sala de leitura.
Qual a importância da leitura para nossa vida?
A parti desse questionamento registro o pensamento de alguns autores e estudiosos da educação sobre a importância da leitura:
A leitura é uma fonte inesgotável de prazer - Carlos Drummond de Andrade
Um país se faz com homens e livros- Monteiro Lobato
“A pessoa que não lê, mal fala, mal ouve, mal vê.”
Malba Tahan
“De três coisas precisa o homem para ser feliz: benção divina, livros e amigo.”
Henri Lacordaire
“O importante é motivar a criança para leitura, para a aventura de ler.”
Ziraldo
“Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história.”
Bill Gates
Com tantos significados podemos concluir que cada pessoa terá sua resposta de acordo com o valor que lhe será acrescentado sobre o importante hábito da leitura.
Como leitora e admiradora incondicional dos grandes autores infantis como Hans Christian Andersen autor dos célebres (“O Soldadinho de Chumbo”, “O Patinho Feio”), as narrativas “Branca de Neve e os Sete Anões”, “Rapunzel”, e “Chapeuzinho Vermelho”que tornaram os Irmãos Grimm mundialmente famosos; Monteiro Lobato e seu encantado Sitio do Pica-Pau Amarelo; Ziraldo com os encantos do Menino Maluquinho;Pedro Bandeira,Cecília Meireles,Rubens Alves e tantos e tantos outros só posso enfatizar que o livro transformou e transforma  minha maneira de ser e enxergar o mundo. Sinto-me honrada e emocionada por meu nome fazer parte desse lugar especial, mágico que é uma sala de leitura.
Nesse espaço de aconchego, de alegria, reflexão, criatividade e imaginação, eu Telma Costa,escritora,contadora de histórias, estanciana, sergipana e aracajuana de coração,  desejo que as fadas madrinhas do mundo do era uma vez acenda dentro de cada leitor uma luzinha que estimule,desperte e transforme  a sua maneira  de enxergar o mundo e obter dele o melhor.
Agradeço aos amigos, familiares, professores e de maneira especial à professora Fátima Beatriz pelo apoio e carinho que sempre acolheram meus livros e minhas atividades de contadora de histórias! Por fim compartilho com todos, mensagens que servem como estímulo e motivação para minha vida:
                       “Eu tropeço e não desisto!” Giselda Laporta
                 “Nunca desista dos seus sonhos!” Augusto Cury

 Um Abraço de coração para todos que fazem parte da família Escola Municipal Nossa Senhora de Socorro